Quinta-feira
12 de Dezembro de 2019 - 

Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,11 4,12
EURO 4,56 4,56

Capacitação para o sistema SEEU será no plenário das Turmas Recursais

Depois de iniciada a implantação do Sistema Eletrônico de Execução Penal Unificado (SEEU) para servir de plataforma eletrônica ao processamento de informações e atos processuais relativos à execução penal, o Tribunal de Justiça, juntamente com o Conselho Nacional de Justiça, deu início as capacitações. Na segunda-feira (4), foram capacitados 60 servidores que integram a força tarefa e farão o cadastramento dos dados no sistema SEEU. Hoje (7) será a vez de pidir os conhecimentos com membros do Ministério Público e na sexta-feira (8), serão os magistrados.De acordo com a programação, na segunda-feira (11), o período matutino será dedicado à capacitação dos integrantes da Defensoria Pública e à tarde será dedicada aos advogados. Na terça-feira (12) aprenderão mais sobre o SEEU os servidores da Agepen e na quarta (13), durante todo o dia, os servidores do Poder Judiciário. Importante destacar que as capacitações serão ministradas pela equipe do CNJ e da CPE/TJMS, e que as capacitações serão realizadas no plenário das Turmas Recursais, no Centro Integrado de Justiça (Cijus), cuja capacidade do local é para 70 pessoas. Por isso, o TJMS fará transmissão ao vivo do treinamento no youtube, por meio do canal do TJMS, e os vídeos também poderão ser acessados posteriormente no www.youtube.com/user/TJMSJornalismo/.Importante informar ainda que a capacitação para magistrados e servidores do Poder Judiciário será realizada exclusivamente pelo youtube. Saiba mais - O SEEU otimiza o controle e a gestão dos processos de execução penal e das informações relacionadas ao sistema carcerário brasileiro. Desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça, em parceria com o TJPR, o sistema permite um trâmite processual mais eficiente e proporciona a gestão confiável dos dados da população carcerária do Brasil.A expansão e melhoria do sistema faz parte das atividades do programa Justiça Presente, parceria entre o CNJ e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), para enfrentar a crise penal no país, com investimento de recursos do Ministério da Justiça e Segurança Pública.O SEEU atende peculiaridades da área de execução penal, como emissão de atestado de pena e de relatórios, visualização gráfica de condenações, detalhamento do cálculo de pena e facilidade de gestão de benefícios previstos na Lei de Execução Penal ou em decretos de indulto e comutação.Nas mesas virtuais, magistrados e servidores podem acessar linhas do tempo da execução e incidentes e peças pendentes, assim como processos que atingiram ou atingirão requisitos objetivos em breve.O SEEU fornece estatísticas, pesquisa com mais de 50 campos e indicativos gráficos para demonstrar a situação do sentenciado, assim como tabelas com leis, artigos, parágrafos e incisos para maior precisão na inclusão de condenações.A ferramenta também admite o desmembramento e distinção de penas e cadastro de incidentes com influência automática na calculadora. Outro ponto forte é a integração entre tribunais com o CNJ, além de órgãos externos ao Judiciário, para cruzamento de dados, como o Instituto de Identificação da Polícia Federal e o Departamento Penitenciário.
07/11/2019 (00:00)

Contate-nos

Diego Brito Advocacia & Consultoria

Rua Esso  334
-  Jardim América
 -  Campo Grande / MS
-  CEP: 79080-070
+55 (67) 3201-9742
Visitas no site:  308506
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.